Polícia procura empresário mossoroense suspeito de estuprar adolescente

Polícia procura empresário mossoroense suspeito de estuprar adolescente

A Delegacia da Mulher do município de Mossoró, região Oeste do estado, iniciou uma verdadeira caçada a um empresário suspeito de embriagar e estuprar uma adolescente de 16 anos em seu apartamento na madrugada dessa segunda-feira (21).

Segundo a delegada Cristiane Magalhães, o suspeito havia feito um acordo por meio de seu advogado para se apresentar às 18h desta quinta-feira (24), porém ele não compareceu e segue foragido.

A delegada enviou a ordem de prisão preventiva com fotos do suspeito para todas as forças de segurança, incluindo a Polícia Federal. Cristiane Magalhães confirmou que o exame de conjunção carnal constatou que houve o estupro.

“O laudo do exame foi conclusivo, mas temos também fotografias e a palavra da vítima, que nos deu a certeza de que ocorreu estupro de vulnerável e que o autor deste crime bárbaro é o empresário Zenilson Menezes, que está foragido”, afirmou a titular da Delegacia da Mulher.

A delegada pediu o apoio da população para quem tiver informações sobre o paradeiro do empresário, ligue para o 190, ou para a Delegacia da Mulher, no telefone (84) 3315-3536. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

Entenda o caso

O empresário Zenilson Menezes levou uma adolescente de 16 anos a seu apartamento na noite deste domingo (20). No local ele embriagou a adolescente e a violentou durante a madrugada da segunda-feira (21).

A vítima foi até a delegacia na segunda-feira e registrou um Boletim de Ocorrência (BO) com o delegado Valtair Camilo. O titular encaminhou a adolescente ao Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP), para constatar a violência sofrida.

Após os exames, a jovem foi encaminhada para a Delegacia da Mulher, onde foi recebida pela delegada Cristiane Magalhães, que passou a investigar o caso em segredo de justiça, mas na noite desta quinta-feira, 24, após a informação vazar para a população, fez a delegada conceder uma coletiva de imprensa.

A ordem de prisão preventiva contra Zenilson Menezes foi expedida pelo juiz Claudio Mendes Junior nesta quarta-feira, dia 23, a pedido da delegada Cristiane Magalhães. Apesar das diligências realizadas, o empresário não foi encontrado.

VIA PORTAL NO AR

Leia também

comentários