Uber fica mais parecido com táxi e começa a cobrar nova taxa para usuários

Uber fica mais parecido com táxi e começa a cobrar nova taxa para usuários

Um novo ano e novas polêmicas envolvendo o Uber. Se antes um grande diferencial do serviço de transporte particular em relação aos táxis era o valor mais, digamos, compensatório, agora, cada vez isso fica no passado, pois o aplicativo agora passa a cobrar uma nova taxa chamada “Custo Fixo” no valor de R$ 0,75 para os passageiros.

A medida já está valendo em todas as cidades brasileiras onde o Uber opera no país. De acordo com a companhia, esse custo adicional tem como objetivo “apoiar iniciativas de segurança para motoristas parceiros e usuários, além de outros custos operacionais” e, também, “manter o crescimento saudável da plataforma no Brasil”.

Se você assim como o redator dessa matéria já estava achando estranho as tarifas mais altas no final do ano passado ao andar de Uber e até cogitou ser uma espécie de “bandeira dois”, com a adição da nova tarifa os preços em 2017 devem se manter nessa média.

Abaixo você confere a lista de taxas que o Uber está cobrando atualmente:

  • R$ 0,75 – custo fixo;
  • R$ 2 – tarifa base;
  • R$ 1,40 a cada quilômetro rodado;
  • R$ 0,26 o minuto de viagem;
  • *R$ 0,10 se você é da cidade de São Paulo por conta da cobrança de taxa municipal após a regulação do app.

Mas e você, leitor, ainda acha vantajoso andar de Uber? Lembrando que entre as alternativas para cortar esses custos com transporte está testar aplicativos concorrentes como Cabify, Easy Taxi ou 99 ou, quem sabe, começar a andar de bicicleta para se locomover.

Via TUDO CELULAR

Leia também

comentários